Skip to main content

Discernimentos para o momento atual


Discernimentos para o momento atual
Roberto Malvezzi (Gogó)

A filosofia nos ensinava que o “bom filósofo sabe distinguir”. Na Teologia o discernimento é um dom do Espírito Santo.

Porém, discernir não é apenas um ato racional como quer a filosofia, mas buscar com reta intenção e reto coração o que é justo e bom.

Então, vamos a alguns discernimentos para o momento atual brasileiro:

O poder dos corruptores


O poder dos corruptores
Roberto Malvezzi (Gogó)

A Odebrecht montou um esquema estruturado de propina. Um delator denunciou que “havia um certo prazer de comprar”. Já não era sequer a velha prática das empresas de comprar agentes públicos conforme seus interesses, mas a satisfação de ver tanta gente “comer na mão”.

A prática existe há trinta anos, segundo Emílio. Ele fala rindo, sabendo que tem nas mãos a cabeça de muita gente. Portanto, outros governos também sucumbiram ao poder dos corruptores.

Denunciar Temer nas missas


Denunciar Temer nas missas
Roberto Malvezzi (Gogó)

Estávamos no auge do Regime Militar. A tortura e as mortes aconteciam sem que a sociedade soubesse. Então, num sábado à noite, D. Paulo Evaristo Arns foi celebrar uma missa na Igreja de Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, Jardim Paulistano, São Paulo. Ali, numa roda miúda, nos disse que um jornalista tinha sido assassinado nas dependências do Exército. Era Vladimir Herzog. Então, a Arquidiocese de São Paulo tinha lançado uma nota para ser lida em todas as missas dominicais. Era uma denúncia corajosa e franca dos porões da ditadura e da morte de Herzog.

Réquiem por uma planeta (letra)


RÉQUIEM POR UM PLANETA
Autor: Roberto Malvezzi (Gogó)
Interpretação: Coral Pró Stúdio (Paulo Afonso-BA)
Arranjos: Luciel Rodrigues
Arte do Vídeo: Irmãs Franciscanas

Quando as florestas sumirem e o verde, então, for apenas mais uma memória
Quando o olhar das crianças for triste, for longo, perdido e sem rumo na história
Lembrarás, chorarás, por mim, por ti, por nós

Quando os rios secarem e a água for cara, for rara e motivo de guerra
Nem todas as lágrimas juntas serão o consolo dos filhos e órfãos da Terra
Lembrarás, chorarás, por mim, por ti, por nós

Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com